Homem que financiou filme da Lava Jato é investigado pela PF por vários crimes

Resultado de imagem para financiador filme lava jato

Jornalista Luís Nassif traz um perfil do empresário Sérgio Amoroso, cujo nome finalmente veio à tona nos últimos dias como financiador do filme que é uma peça de propaganda contra Lula; em dezembro de 2015, uma operação da Polícia Federal foi atrás de agentes públicos do estado do Pará envolvidos em fraudes no sistema de comércio florestal, beneficiando o Projeto Jari, controlado por Amoroso; houve buscas e apreensões em 41 endereços ligados a cinco empresas, duas prisões preventivas e 16 temporárias


Principal financiador do filme sobre a Lava Jato, o empresário Sérgio Amoroso é um tipo controvertido. Self-made-man, começou a vida como office boy, montou uma companhia de venda de papéis e, em 1999 conseguiu assumir o controle do Projeto Jari, que estava sob intervenção do BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social), pagando 1 real e assumindo as dívidas.

Desde então, tornou-se uma espécie de Dr. Jekill e Mr. Hide do setor de celulose. Numa ponta, recebeu vários prêmios de responsabilidade corporativa, apregoando a defesa da sustentabilidade, as iniciativas em favor de crianças com câncer, entre outras atividades meritórias.

Comentários