Juiz federal suspende decreto que extingue Reserva Nacional na Amazônia

Imagem relacionada

Mais um problema no caminho da quadrilha de Temer.


A Justiça do Distrito Federal deferiu parcialmente liminar para suspender imediatamente todo e qualquer ato administrativo que vise extinguir a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca), na Amazônia.

O juiz federal Rolando Spanholo, da 21ª Vara Federal, suspendeu os eventuais atos administrativos que tenham base no decreto 9.142 ou normatiza sucessora do governo brasileiro.

A decisão responde à ação popular proposta por Antônio Carlos Fernandes que questionou o decreto do presidente Michel Temer sobre a extinção da reserva localizada na divisa entre o Amapá e o Pará e preservada desde 1984.

Comentários