Pela primeira vez, Odebrecht identifica quem é o laranja de Aécio. Mais de R$ 100 milhões desviados!


Presidente nacional do PSDB aparece novamente nas delações da Odebrecht. Segundo o site BuzzFeed, o empresário Alexandre Accioly, dono da academia Bodytech, foi apontado na delação da Odebrecht como sendo uma espécie de laranja de Aécio, ao fornecer uma conta fora do país para o tucano receber propina.


O caso estaria ligado à construção da hidrelétrica Santo Antônio, em Rondônia. O projeto é de 2007, quando Aécio era governador de Minas Gerais e colocou a estatal Cemig como sócia do negócio; pelo menos dois delatores da Odebrecht falaram da obra.

Em delação, Marcelo Odebrecht disse ter acertado um repasse de R$ 50 milhões para Aécio, em troca do apoio e da participação da Cemig e de Furnas no leilão de uma das usinas do Rio Madeira (leia mais).

Leia a reportagem de Filipe Coutinho e Severino Motta:

Dono da academia Bodytech foi laranja de Aécio em propina da Odebrecht, diz delator


O caso está ligado a um um dos mais rumorosos episódios da delação da Odebrecht: a construção da bilionária usina Santo Antônio, em Rondônia. A obra é uma síntese do tamanho do esquema, que abasteceu, só nesse empreendimento, políticos do PMDB, PSDB e PT, de acordo com a empreiteira.

O projeto é de 2007, quando Aécio era governador de Minas Gerais e colocou a estatal Cemig como sócia do negócio. Pelo menos dois delatores da Odebrecht falaram da obra.

São eles Cláudio Melo, que falou sobre os políticos do PMDB e Henrique Valadares, que citou Áecio. A Folha de S.Paulo informou que Valadares acertou R$ 30 milhões com Aécio e Época disse ainda que foi usada uma conta em Cingapura – um dos principais centros financeiros internacionais.

O BuzzFeed Brasil apurou que o nome de Accioly foi citado no episódio. Segundo o relato da Odebrecht oferecido à Procuradoria-Geral da República, Aécio Neves usou uma conta ligada ao empresário para receber dinheiro fora do país.

Aécio e Accioly são amigos muito próximos. O empresário foi padrinho de casamento e dos filhos gêmeos do tucano. Aécio é padrinho da filha de Accioly.

Esta não é a primeira citação ao tucano, que disputou e perdeu a Presidência em 2014.


Delatores das empreiteiras Odebrecht e também da OAS já afirmaram aos investigadores que houve pagamento de propina a Aécio durante a obra da Cidade Administrativa – principal vitrine do governo dele em Minas Gerais (2003-2010). Ele nega.

Um dos principais executivos da Odebrecht na interlocução dos políticos, Benedicto Júnior disse ter destinado R$ 9 milhões, via caixa dois, para aliados de Aécio Neves a pedido do tucano. Aécio diz que pediu as contribuições dentro da lei.

O senador e o empresário Accioly foram procurados pelo BuzzFeed Brasil na quarta (22). Os dois negaram categoricamente o conteúdo das citações a seus nomes envolvendo a propina da hidrelétrica de Santo Antônio e questionaram, ainda, a legitimidade da delação da Odebrecht, que, segundo eles, mente ao falar de propina e contas fora do país.

Comentários

  1. CÍNICOS . DESCONTRUTORES DA PÁTRIA BRASILEIRA PELA GANÂNCIA E SOBERBA PESSOAL , TORNANDO-SE INIMIGOS PÚBLICOS PERIGOSOS, BILIONÁRIOS E QUE TÊM INTERLIGAÇÕES COM TODA SORTE DE CAFAJESTES FALSOS MORALISTAS , DE TERNO , E QUE DESPREZAM A NAÇÃO BRASILEIRA A TAL PONTO QUE, PENSO, A NAÇÃO DEVERIA REAGIR COM A MESMA SANHA COM QUE NOS PILHAM .

    ResponderExcluir
  2. Só reagem quando é esquerda. Esse pessoal pode fazer o que bem entender.

    ResponderExcluir
  3. O japão é hoje a 3º mair economia do mundo.
    A nação japonesa foi arrasada com duas bombas nucleares. O seu território além de limitado e sem grande recursos minerais, tem vulcão e sofre constantemente terremoto e Tsunamis, mas tem um povo honesto, trabalhador, ordeiro, patriota e nacionalista.
    O Japão, assim como as grandes nações têm desemprego, corrupção e violência, porém com índices baixamos.
    Nesses nações também tem políticos desonestos, mas não se criam devido consciência coletiva e as instituições ativas independentes.
    No Brasil é exatamente o contraio uns são perseguidos mesmo sem provas enquanto outro mesmo com malas de dinheiro, avião e helicóptero de cocaína não são nem se quer investigados. E como se não bastasse, uma multidão de zumbi apoia esse tipo de lixo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário