VAIADO! Cristovam Buarque admite que não consegue sair as ruas por conta do golpe


Com receio de sofrer escrachos, Cristóvam Buarque (PPS-DF) tem evitado eventos públicos. Em julho deste ano, o senador foi alvo de protesto enquanto tentava lançar um livro na Universidade Federal de Minas Gerais. A população, revoltada, chamou Cristóvam de “canalha”, “golpista”, “traidor da educação”. Com as manifestações, Buarque não conseguiu lançar seu livro. À noite, ele foi ao Teatro da Cidade em Belo Horizonte, e mais uma vez, foi alvo de protestos, tendo que ser escoltado pela Polícia para não ser agredido pelo povo no local.


Faixas contra o político foram colocadas na frente das casas e prédios para recepcioná-lo. O parlamentar tem apoiado as reformas de Michel Temer (PMDB), rejeitado por 95% da população brasileira e denunciado por corrupção passiva, após ser gravado combinando o recebimento de propinas com o empresário Joesley Batista, da JBS. Para se salvar, o peemedebista librou bilhões para deputados, que conseguiram barrar a denúncia. 


Em 2016, Cristóvam apoiou o impeachment da Presidenta legítima Dilma Rousseff adotando um discurso moralista “contra a corrupção”, mesmo sem comprovação de atos ilítios. Agora, ele apoia o governo Temer, que já tem sido considerado o mais corrupto dos últimos anos. Com a imagem arranhada, Cristóvam Buarque tem evitado eventos públicos para escapar das manifestações e pode ter dificuldade para ser reeleito.

POR NEXO BRASIL

Comentários

  1. Conseguiram verificar o canalha, o porco que sempre foi exibindo discurso sofista e enganando a população. Gente assim tem de morrer.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu fui um dos enganados por esse traidor metido a entendido. Há cinco anos atrás descobri quem era realmente esse falso intelectual.

      Excluir
  2. Quem elegeu este senador foi o povo de menor poder aquisitivo,não foram as elites e muito menos os banqueiros,mas este povo humilde e o estudante o trabalhador não foram representadas durante a sua atuação no senado.

    ResponderExcluir
  3. Valdir, não foi pobres, quem elegeu, foi a grande maioria da população de Brasília, ele recebeu quase 1 milhão de votos, na época Brasília tinha poucos mais de 2 milhões de habitantes, incluir eu e minha família votamos nessa desgraça, estão não foi os pobres foram na maioria os ricos, porque a nobreza local daqui apoiava este traidor, sei disso porque vivo aqui mais 30 anos, está peste, sarna nojenta golpista é que não presta mesmo, e ele está morto pra sempre na política local, porque aqui ele não ganha nem pra síndico, esse fdp.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todos os congressistas deveria serem punidos com uma forma de rituais público a toda humilhação imposta

      Excluir
    2. Todos os congressistas deveria serem punidos com uma forma de rituais público a toda humilhação imposta

      Excluir
    3. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. vagabundo desse precisa ser esquecido da politica esse verme

    ResponderExcluir
  5. Ele sujou a sua história de luta. Ou sempre nos enganou com seu ar de: Capitão, meu Capitão?

    ResponderExcluir
  6. Todo castigo pra golpistas ainda é pouco, quero ver é esses golpistas se reelegerem.
    O povo não votarão em voces numca mais.
    Só se lembrar que eu já votei nesta desgraça pra presidente da vontade de me matar.

    ResponderExcluir
  7. ANÃO MORAL...CANALHA GOLPISTA!!! SEU FINAL SERÁ MUITO AMARGO!!!!

    ResponderExcluir
  8. Já fiz campanha. Como me arrependo!

    ResponderExcluir
  9. Eu sempre falei, esse cara é um canalha muita gente acreditou nesse patife, ele é um profissional em enganar as pessoas, é uma raposa velha, um canalha, esse fdp merece é levar muita porrada nas ruas, quebrar ele de pau.

    ResponderExcluir

Postar um comentário