Afastado de SP, Doria se dá mal na justiça. Vai continuar passeando?


O Tribunal de Justiça de São Paulo julgou inconstitucional parte do Programa Municipal de Combate a Pichações, criado por João Doria.


A decisão, assinada pelo desembargador Arantes Theodoro, considerou ilegal o impedimento de contratação pela administração pública de pessoas enquadradas como pichadoras, mesmo sem a instauração de processo penal ou administrativo.

Também foi considerado inconstitucional a possibilidade do João Doria celebrar termos de cooperação com a iniciativa privada, e de utilizar placas de empresas em espaços públicos recuperados.

A Ação Direta de Inconstitucionalidade foi movida pelo PSol.

CLICK POLÍTICA com Coluna Radar

Comentários

  1. Doria. ..o fantoche é uma farsa como prefeito. ..kkkkkk ..parece má um manequim de vitrina. .detesta os pobres. ..maldito seja! !!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário