Cardozo usará denúncia de Janot para anular o golpe

Agência Senado | Reuters

247 - A segunda denúncia de Rodrigo Janot contra Michel Temer pode ter elementos que ajudem a anular o golpe que destituiu Dilma Rousseff, presidente legitimamente eleita do Brasil.


O ex-ministro da Justiça José Eduardo Cardozo, que é o advogado dela no caso, em tramitação no STF (Supremo Tribunal Federal), viu uma oportunidade no trecho em que o então procurador-geral da República relaciona dois fatos: o apoio do "quadrilhão do PMDB" à queda da petista e à tentativa do grupo de barrar a Operação Lava Jato.

O argumento de Cardozo é que Dilma foi alvo de retaliação, o que invalidaria o impeachment.

"Não se pode tratar o impeachment como se fosse uma ilha dissociada de tudo", diz o ex-ministro. Para ele, a conexão entre fatos apontada na denúncia do procurador é "mais um indício da nulidade do processo contra Dilma".


A defesa da petista vai utilizar a denúncia contra Temer durante o julgamento do mandado de segurança, que ainda não tem data marcada.

Comentários

  1. Maravilhoso. ..torço imensamente para que a verdade venha a tona e a justiça seja feita ...Dilma Rousseff. ...o retorno! !!!! ..em alto estilo. ...tenho certeza que nesse dia alguém vai se suicidar. . (Chama -se Aecio overdose Neves )

    ResponderExcluir
  2. OS Corruptos do STF nao deixarão a Presidenta retomar o Poder

    ResponderExcluir

Postar um comentário