Cortella fala sobre QueerMuseu e humilha MBL


Mostra 'Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte da Brasileira' foi encerrada após manifestação no RS


A sanha salvacionista pode gerar uma restrição ao acesso à arte. Mas as crianças precisam receber educação para apreciar e acompanhar manifestações artísticas. Por isso, existe a classificação indicativa.

Assista abaixo:

Comentários

  1. Ok. Muito bom. Mas então que façam a coisa certa de não expor as crianças...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ficou claro que não era para crianças e que não foram expostas crianças, mais uma mentira do mbl!!!!! Caso contrário, provem!!!!

      Excluir
    2. É isso ai Irley, nisso cabe a responsabilidade dos pais. Ninguém forçou eles a levarem seus filhos para ver a exposição sobre diversidade sexual. Cabe a cada um se acha conveniente.

      Excluir
    3. Melhor preocupar-se em expor crianças ao BBB, às telenovelas e aos
      programas de humor do Multishow.

      Excluir
    4. Seria bom que essa justa preocupação com as crianças, também se apresentasse quando as sete horas da noite a Rede Globo expõe cenas de violência e sexo.

      Excluir
    5. assistir tv e responsabilidade dos pais tem um botao de desligar e de trocar canal e so usar

      Excluir
    6. As crianças? Qual? As que dormem sob marquises ou as q habitam barracos feitos de papelão?
      Sobre essas crianças, nenhuma preocupação, nenhuma palavra, nenhuma indignação...

      Excluir
    7. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    8. Willon Smith lacrou! Essas são invisíveis para as "pessoas de bem"...

      Excluir
    9. sim tinham crianças e neste tipo de exposição as escolas marcam horario para amostra de artes para que fazerem futuros trabalhos A EXPOSIÇÃO DE CRIANÇAS FOI EMINENTE SIM.

      Excluir
    10. Isso mesmo. Senhores pais, senhores diretores de escolas, responsáveis por crianças de uma forma geral, não as exponham! Mas não queiram os bostinhas do MBL dizer aos adultos o que podem ou o que não podem ver! Isso é censura!

      Excluir
  2. O evento era pago e vai quem quer,Se tinha criança,estavam com os pais ou com o consentimento deles. O importante é que era pago e caro e só entrava quem queria ver a arte. Se vc é contra não vai. facil e simples assim.




    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pago Com Dinheiro público, esse é o problema.

      Excluir
    2. As escolas estavam levando os alunos, não foram levados pelos pais, aliás, no próprio projeto para angariar fundos da lei Rouanet foi descrito como sendo para crianças também!
      E se era "pago, e caro", para onde foi a verba da lei Rouanet? Não deveria ser gratuito? Essa lei não é para dar acesso a "cultura" para todos? E por que uma exposição que alega falar sobre a diversidade de gênero, aborda pedofilia e zoofilia? Você não concorda que foi feito apologia a estes crimes?

      Excluir
    3. Escola nenhuma leva alunos para museus sem autorização escrita dos pais, além de relatar qual o tema da exposição. Logo se o que você disse for verdade, o que eu acho que não é, quem expôs as crianças foram os pais delas. Cada um cria seus filhos como achar melhor.

      Excluir
    4. Pedro, um dos maiores enganos sobre a Lei Ruanet é que ela é "dinheiro público". Não, não é. O financiamento da lei refere-se a um capital que uma entidade privada destina à promoção cultural ao invés de destinar ao governo. É uma escolha feita pela própria entidade privada e não pelo governo.

      Excluir
    5. Uai sô! Se o dinheiro era para pagar impostos ao governo, e é desviado pela Lei Ruanet para artistas. Então o dinheiro era sim dinheiro publico, até mesmo por não ter recolhido os impostos devidos da Empresa em questão.

      Excluir
    6. O dinheiro não é público. Porque público é aquilo que pertence a todos e aquele dinheiro não pertence a todos, pertence a uma empresa que deveria paga-lo em impostos, o qual o governo, através de uma lei aprovada democraticamente, abre mão de o receber como contrapartida do que não irá fazer. Em outras palavras, o governo deve, pelos deveres descritos na constituição, investir em cultura. Ao invés de o fazê-lo diretamente, sugere que as empresas o façam ao invés de pagar-lhe o imposto para que ele mesmo o faça. Logo, não existe "desvio" de dinheiro, como alguns sugerem. O dinheiro do imposto já seria aplicado em cultura mesmo. O evento patrocinado, por sua vez, não precisa ser gratuito. Depende de quanto se propôs a arrecadar e isso é estipulado em projeto apresentado ao MinC. Lá, esse projeto é aprovado ou não por comissão avaliadora. Para ser aprovado, precisa provar relevância e alguma contrapartida social. Geralmente, alguma gratuidade às comunidades ou escolas carentes, etc. Todos ganham. A população recebe arte e cultura (lembra daquela música "a gente não quer só comida, a gente quer comida, diversão e lazer"?), o governo que passa a ter uma obrigação a menos e as empresas que convertem seus impostos em ações que lhe permitem capitalizar junto à população (estou falando capitalizar no sentido de propaganda, não dinheiro, hein).

      Outra coisa, meu caro: o dinheiro não é desviado "para artistas". O dinheiro é destinado a projetos culturais que favorecem a população. Talvez não tenha lhe ocorrido, mas é comum evento custando bem caro. Vá ao Rock in Rio, e verá que um ingresso custa 800 reais. Para que um evento cultural se torne acessível a todos, e não apenas aos mais ricos, existe a Lei Rouanet. Através dela, um ingresso de teatro pode custar 10, 20, 50 reais. O custo é amortizado, e setores mais carentes, contemplados com gratuidades. O favorecido é o povo, não o artista. Vamos estudar um pouco.

      Excluir
    7. Dinheiro que deveria ir para impostos e não vai É PÚBLICO!
      E o público só seria favorecido se não houvesse cobrança de ingressos.

      Excluir
  3. isso não é arte é atentado ao pudor que pela constituição é caso de prisão. Podemos ter pensamentos diferentes mas devemos respeitar as diferenças e não escandalizar uma religião. Isso é imoral. A liberdade de expressão não pode ferir o bom senso e nem mesmo ultrapassar o limite do próximo, porque o seu direito acaba quando começa o meu. Infelizmente o Brasil está muito nojento com esse negócio de censura. E fere sim as leis maiores do pais, laicidade de religião não é libertinagem, que as pessoas confundem com Liberdade. Aff povinho nojento esse.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Davi e a Capela Cistina de Michelangelo são atentado ao pudor? A Maya Desnuda de Goya é? Isso só para citar três exemplos de peças que ninguém diria que não são arte apenas por apresentarem corpos nus e genitálias. Por outro lado, a valsa -- aquela mesma que todo mundo toca no aniversário de 15 anos das filhas -- já foi considerada uma dança indecente porque as mãos do homem tocavam a cintura da mulher, sendo assim mais apropriada para casas de prostituição do que salões de gente de bem.

      Claro, existe boa arte e arte ruim. Mas definir arte pela questão religiosa, moral ou valores pessoais é bastante perigoso. Quando o quesito é valor artístico é melhor deixar uma autoridade maior decidir: o próprio tempo. Afinal, todo mundo conhece as músicas de Beethoven mas quantas pessoas lembram do hit de verão de cinco anos atrás?

      Excluir
    2. Leio Rouanet não é dinheiro público mas uma forma dessas instituições capitalistas sonegarem impostos, são elas as beneficiadas, outra coisa, n faziam apologia a pedofilia nem a zoofilia e nem foram expostas crianças, isto tudo é mentira para justificar a repressão fascista desse grupelho de mercenários, que n trabalham e nem estudam então tem tempo de criar factóides escandalosos na rede social.

      Excluir
    3. Estranho o santander ter cedido à pressões.... perdeu só 20 mil clientes em 2 dias! Acham mesmo que foi o mbl que fez isso?! O Cortella estaria certo (aliás eu amo esse cara), não fosse o fato de terem mandado convites para as escolas... e terem visitas monitoradas para crianças...

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  4. Renuncia fiscal meu caro é dinheiro de impostos que o governo deixa de arrecadar para financiar projetos como esse e outros, que na maioria das vezes não interessam
    ao pagador de impostos, antes de financiar esse tipo de evento o governo tem que fazer a lição de casa, impedindo que a população morra nos corredores de hospitais sem atendimento, sem equipamentos, sem remédios e sem médicos.
    Pergunte ao Cortela se alguma vez na vida ele esperou horas infindáveis num hospital, com dores, por um atendimento que nunca veio.
    Bonitinho e fácil defender a arte desse ponto de vista, quero ver é levantarem a bandeira da "igualdade" para minimizar o sofrimento de quem não tem recursos pra viver com a mínima dignidade...

    ResponderExcluir
  5. "AAAAH AS CRIANÇAS!!!" Diz a pessoa que passa num acampamento cheio de crianças sem teto e murmura "Tinha que matar essas porra"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É a hipocrisia de nossa sociedade doente...

      Excluir
  6. Bem vai quem quer uma pinoia........quero ver as autorizaçoes dos pais assinadas e o teor descrito da exposiçaõ.......Lei Rouanet eh dinheiro publico sim.......sao impostos logo eh publico.....................Arte eh minha rola....alias tinha mtas la...............submissao de Negro em Orgia....Zoofilia ...........desrespeito as religioes Cristas.....as mesmas q eu tbm combato....mas com argumentaçoes e nao falta de respeito ou denegrindo seus simbolos...............Resumindo......,.......Merdas defendo uma bosta....................Se quiser podemos conversar....Argumento com QQR um ate esse "Costela".............

    ResponderExcluir
  7. Vou reler, rever, reler, ver e reler infinitamente: "Como Conversar com Um Fascista" da Marcia Tiburi, se eu aprender e apeerder a gastar minha saliva ou a ponta dos meus dedos digitanto com algum sucesso, retornarei.
    Agora dedicar-me-ei aos estudos. Até breve, ou o infinito.

    ResponderExcluir
  8. esse cara é um babaca comunista burro metido, não sabe de nada, quem apoia essa merda de exposição é bem pior de quem a fez. quer fazer putaria? tudo bem, faça em local apropriado, não com crianças.

    ResponderExcluir
  9. O objetivo da arte é provocar reação em seu público, o que ela cumpriu.

    ResponderExcluir
  10. https://www.facebook.com/percival.puggina/videos/1983531811882316/

    ResponderExcluir
  11. Muito bem explicada a natureza e a finalidade da lei Rouanet

    ResponderExcluir

Postar um comentário