Governo anuncia demissão de milhares de delegados e agentes da PF


Saiu no Diário Oficial da União de ontem a portaria número 291, de 12/09/2017, que institui o PDV, programa de demissão, de milhares de funcionários públicos federais.


Todos os cargos a sofrerem cortes são estratégicos para o aparelhamento do Estado promovido pelo governo Temer, a exemplo do que fez FHC nos anos 90 e exatamente ao contrário do que os governos petistas fizeram.

Temer vai demitir, entre outros cargos: Advogados da união, procuradores federais e do Banco Central e na PF demitirá agentes, delegados, peritos criminais, escrivães e papiloscopistas.

Na Receita Federal, o governo vai demitir auditores e fiscais da Receita. Os trabalhadores também perde, pois fiscais do trabalho também serão demitidos.


As demissões ou redução da jornada de trabalho ocorrerão até o dia 31 de dezembro deste ano.

Fonte: Plantão Brasil

Comentários

  1. É voluntário, amig@s! É fato que mais uma atrocidade do Temer, mas vamos publicar a verdade.

    ResponderExcluir
  2. Falar o que de tudo isso!
    Pediram isso nas ruas quando das manifestações pro impedimento da presidente, não mediram as consequências que viriam depois, o preço a ser pago é muito alto principalmente do desmonte da PF, outros cargos de conveniência política não está errado, mas o que dizer dos fundos de pensão das estatais(Petrobras e outras) com rombo de 75 bilhões, dinheiro este desviado por má gestão de uma administração publica voltada para abastecer caixa 2 de campanhas politicas.
    Agora taí, quem vai pagar o pato é o aposentado e o trabalhador ativo. Uma vergonha! Mas os caras continuam roubando descaradamente, né presidente TEMER?
    Vc é o maior responsável pelos 51 milhões pegos com o Geddel, se ele fizer delacao vc estará em maus lençóis junto com seus comparsas. O tempo é senhor da razão.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Muitos servidores foram pras ruas pra tirar a presidente. Então deve estar tudo bem. De acordo com o planejado pelo conjunto de golpistas....fora ter colocado teto pra quem entra, para se aposentar,... ah mas tá bom! Não vem ao caso....e tem mais....

      Excluir
  3. Esse velhote sírio libanês com a bunda toda cagada, chefe de quadrilha como vem sem denunciado e agora também pela PF, vai destruir o pais e tem a pretensão de dar um golpe de estado.
    O Brasil está em mãos de psicopatas quadrilheiros e as Forças Armadas têm obrigação de atuar para salvá-lo porque o povo não tem como agir a não ser sair às ruas maciçamente pedindo intervenção.

    ResponderExcluir
  4. NEOLIBERALISMO OU O DEUS MERCADO E O MUNDO DE JOELHOS

    Odemar Leotti*

    Não esquecer que a tática usada em cada país é derrubar um presidente legítimo, colocar uma figura corrupta e grotesca da lumpinagem política para servir de Geni. Enquanto isso o BIG BROTHER ou seja o Deus Mercado faz do mundo o que bem entender. Nunca, desde o Bülding alemão no final da século XVIII, e da proliferação das naçoes ditas democráticas foi possível almejar uma condição de vida em pé de igualdade. Uma aliança entre o capital industrial financeiro e a ferrenha vontade de domínio de mercado teve com parceiro uma elite parasitária que se contenta com migalhas para alimentar seus desejos mesquinhos e suas luxúrias. É assim que unidos: Lumpinagem política, ou mesmo picaretagem, coronelismo político e suas serpentinhas que são seus filhos que se inserem na política comprando votos, uma elite provinciana racista, eugênica e fascista e o capital financeiro, detem qualquer possibilidade de se falar em vida na terra. Esse ódio criado contra os movimentos sociais e qualquer possibilidade dos trabalhadores participarem politicamente de forma autônoma e em oposição aos desmandos da burguesia. Isso está atualmente acontecendo com a nova tática do uso e abuso do discurso sobre corrupção, que tem como estratégia matar qualquer possibilidade de se escolher outra ordem mundial que não seja ficar de joelho para a lei do mercado. Isso está acontecendo não só no Brasil. Está irradiado em todo o mundo que não queira aceitar o bridão imposto pelo grande BIG BROTHER do DEUS MERCADO. Esse grande poder passou do lugar de poder jurisdicional para servir como a nova natureza, o novo lugar da verdade sobre a vida.
    A maquinaria montada no final do século XVIII através da Revolução Francesa, do Iluminismo, enfim da grande transformação do saber pelo racionalismo como segmento da cartesianismo transformou a possibilidade de vida como impulsão do desejo, numa presa de um poder indenitário que acorrenta o desejo no interior de subjetividades que tornam não mais máquina repressora, mas constitui-se como um valor positivado preso à engrenagem de um saber cria em cada um uma relação consigo que se torna impossível o prazer como forma de vida. Um valor indenitário que dá as ordens e fazem os impulsos se tornarem um lugar triste e de dor.
    (*) Doutor em História Cultural pela UNESP-ASSIS, Mestrado em História Social pela UNICAMP-Campinas-SP, historiador e professor adjunto III lotado na UFMT-CUR.

    ResponderExcluir
  5. Pelo teor do texto não poderia o autor ser menos graduado !

    ResponderExcluir

Postar um comentário