Jornalista lembra: Três anos de auxílio-moradia para o judiciário em liminar de Fux


Lauro Jardim lembra, em sua coluna em O Globo, que sexta feira, dia 15, três anos desde que uma liminar do Ministro Luís Fux garantiu o pagamento de auxílio-moradia para todos os juízes – e na esteira deles, também os promotores – independente de estarem lotados em comarcas onde já moram ou contam com imóveis próprios.

Como cada um deles tem direito a R$ 4.377,33, o recebido nestes 36 meses soma R$ 157.598,28.

Limpinhos, sem impostos, nem o de renda, pois se trata de “verba indenizatória”.

O suficiente para pagar um salário mínimo por mês às suas empregadas domésticas por 14 anos.

Ou para comprar 4 carros Gol zero Km e ainda ficar com R$ 17 mil de troco.


Ou para comprar um bom imóvel, pagando o saldo em prestações que cabem com folga no próprio auxílio.

Suas excelências querem mesmo dar lições de ética e moral?

Redação Click Política

Comentários