Justiça acata ação de Lula contra família Marinho por mentir sobre triplex

Resultado de imagem para lula x globo

A Justiça do Estado de São Paulo acatou o processo proposto por advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva contra os proprietários do diário conservador carioca O Globo. Os irmãos Marinho, filhos do falecido empresário Roberto Marinho, respondem agora à ação civil por danos morais, após publicar matéria no jornal, intitulada Dinheiro liga doleiro da Lava-Jato à obra de prédio de Lula.


Nos autos do processo, agora registrado em cartório na capital paulista, os advogados de Lula anexaram a matéria publicada no dia 12 de agosto do ano passado, na qual o diário que apoiava a ditadura militar afirma que o ex-presidente seria dono de um apartamento triplex no Edifício Solaris, no Guarujá (SP), e que o empreendimento estaria ligado, de alguma forma, ao doleiro Alberto Youssef.

Antes da publicação do artigo, o Instituto Lula esclareceu ao jornalista que Marisa Letícia, mulher do ex-presidente, adquiriu a prestações, uma cota no empreendimento e que a família do ex-presidente não tem nenhum apartamento, quanto menos um tríplex. “Não foi a primeira vez que isso foi esclarecido a este repórter e o jornal carioca optou por dar continuidade à mentira que vem repetindo desde dezembro do ano passado”, disse o Instituto Lula, em nota.

Resposta de Lula

“O autor da matéria insistiu na versão mentirosa, com amplo destaque tanto na versão impressa do jornal, quanto na internet. O Instituto Lula respondeu ao Globo, em nota, no dia 14: ‘Lula não tem apartamento no Guarujá. E se tivesse?’ Em sua edição de sábado (15 de agosto), o jornal tentou justificar a atribuição da propriedade do imóvel pelo ex-presidente por informações passadas pela ‘vizinhança’, ou seja, fez um jornalismo baseado em fofocas de corredor de prédio”, acrescenta a nota do Instituto.


Ainda no documento, Lula afirma, por meio de sua assessoria, que “a ação demonstra que a matéria teve claro caráter difamatório e o mero registro burocrático do outro lado não compensa os danos morais causados pela veiculação de graves mentiras. Que foram criadas relações que não existem entre uma cota de empreendimento adquirida a prestações pela família do ex-presidente e Alberto Youssef, criminoso reincidente”.

Apesar da ação em curso, o diário carioca seguiu na publicação de outras matérias sobre o imóvel de Guarujá, o que valeu um novo desmentido, no último sábado que, segundo advogados do ex-presidente, será anexado ao processo contra a família Marinho, como demonstração do caráter persecutório dos meios de comunicação de propriedade das Organizações Globo.

Na nota da semana passada, o Instituto Lula demonstra, com uma série de documentos, “como os adversários de Lula e sua imprensa tentam criar um escândalo a partir de invencionices”.

Comentários

  1. Ué, então a Receita Federal mentiu quando comprovou por documentos que Lula e Mariza incluíram o triplex e o sítio em Atibaia etc como bens materiais? Em quem acreditar? SOS, Deus, em nome de Jesus!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lula reconheceu que declarou a aquisição do apartamento no imposto de renda, algo que era absolutamente correto na época, pois eles ainda não tinham desistido da aquisição.
      Na declaração de 2016, ano calendário 2015, consta alteração quanto ao apartamento, sendo informado que houve desistência e requerimento de devolução dos valores pagos em novembro de 2015 junto à BANCOOP, sem efetiva devolução”.

      Excluir
    2. Ele declarou a cota que tinha, a qual poderia vir a usar para comprar um apartamento. Deturparam para achincalhar.

      Excluir
    3. Ele declarou no Imposto de Renda que tinha a cota parte do empreendimento que daria direito a um apartamento. Depois ele desistiu e solicitou a devolução dos valores pagos. Atenção "VALORES PAGOS".

      Excluir
  2. Valeu Sérgio .
    Temos que fica sempre alerta. Para informar aos globostas o que eles existem em fica nesta do.

    ResponderExcluir
  3. Ele não reconheceu que declarou a aquisição do apartamento no imposto de Renda. O que ele declarou é que sua mulher era dona de uma quantidade de cotas de financiamento da BANCOOP que dava direito a ela no fim do financiamento adquirir um apartamento de nº 141 que NÃO ERA O TRIPLÉX. Ao Lula foi oferecido o tripléx que ele foi ver e não quis comprar. A BANCOOP faliu e seu ativo passou para a OAS, que foi quem ofereceu OUTRO apartamento que não era àquele em que da Marisa tinha as cotas. Eles não aceitaram e solicitaram a devolução do dinheiro pago. Aurea Andrade, por favor procure ler algo que não seja notícia da Rede Globo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito agradecida pela informação senhor Luis Sergio Martins Pinto.

      Excluir
  4. Infelizmente a Globo tem partido. .tá muito claro. .Mas não pode jogar o povo brasileiro contra ninguém. .isso é lavagem cerebral. ..manipulação de opinião..em outras palavras. .isso é crime. .e todo crime deve ser punido. ..

    ResponderExcluir
  5. KAKAKA, PORQUE SERÁ QUE O LULA FOI CONDENADO POR NOVE ANOS, SERÁ QUE FOI POR ESTÁ REZANDO , DANOS MORAIS SOBRE O QUE? ALGUÉM CONDENA ALGUÉM SEM EMBASAMENTO LEGAL? CARAMBAS, ESTICA ESTICA E NÃO VOLTA.. ASS. PEDRO BAIANO...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sugiro que leia a sentença do juiz Moro, antes de falar besteira !!.....ahhh, a verdade seeempre aparece !!

      Excluir
    2. É só olhar as sentenças de Moro condenando executivos de empreiteiras a mais de 10 anos de cadeia sem nenhuma prova. Tiveram suas vidas destruídas por pura vaidade política de Moro que adora holofotes, fãs clubes e lambedores de saco. Está fazendo o seu papel sujo para o PSDB, derrubando a esquerda nacional e fingindo que não vê a sujeirada do PSDB e PMDB. Inocentou a mulher do Sérgio Cabral por ter gasto dinheiro roubado com bens de consumo e isso não é crime para o juizeco. Só em jóias foram mais de 11 milhões. Mas estava pronto a prender a Dona Mariza por adquirir cota parte de apartamento no Solaris e ter pago prestações durante mais de 5 anos declarando isso no Imposto de Renda. Mesmo depois de morta, o juizeco inisistia em mantê-la ré, só para incomodar o Lula que o via desrespeitar a lei na maior cara de pau. Deuzinho de Curitiba abusando da impunidade que ser tucano no Brasil proporciona.

      Excluir
  6. O que ele declarou a Receita foi a cota que tinha adquirido pelo Bancoob para comprar um apartamento. E não o apartamento triplex. Deturparam para fins politiqueiros.

    ResponderExcluir
  7. Na verdade é que Lula incomoda a classe média do Brasil que se julga sueca , alemã,suíça,etc.Que imaginam serem brancos da mais pura linhagem sangue azul da Dinamarca.E quando enxergam Lula que mostra a cara mulata do país eles se revoltam.kkk
    Tenho idade o suficiente para conhecer , netos e bisnetos de " afro-brasileiros" que são muito loiros com olhos muito claros.Que se dizem "europeus" mas sabem de quem descendem.Um horror, já que ser afro brasileiro ser negro é uma condição de orgulho profundo, pois eles foram forçados , escravizados , torturados pelos falidos europeus que os raptaram .Lula deixa claro a todos quem somos nós brasileiros E isso desagrada a elite " branca escravagista " de hoje.Pobreza !!!

    ResponderExcluir
  8. O documento apresentado estava rasurado e sem assinatura... A acusação se baseou num artigo de jornal

    ResponderExcluir

Postar um comentário