PF encontra bunker com malas de dinheiro de Geddel, parceiro de Temer


A Polícia Federal encontrou nesta terça-feira (5) um “bunker” com milhares de notas em reais que, segundo a investigação, é usado por Geddel Vieira Lima, ex-ministro de Michel Temer. A operação, nomeada de Tesouro Perdido, foi autorizada pela 10ª Vara Federal de Brasilia. 



Os valores apreendidos serão transportados a um banco onde será contabilizado e depositado em conta judicial. Segundo a PF, após as últimas fases da Operação Cui Bono, foi possível chegar a um endereço, em Salvador, que seria utilizado para armazenagem de dinheiro.

Comentários

  1. E saber que este cidadão sempre foi parceiro do TEMER, que foi preso e solto muito rápido, que estava em prisão domiciliar mas sem tornozeleiras eletrônicas pq em Salvador não existem as tais, e agora com todo esse dinheiro na mão e em espécie, operava o caixa da propina do TEMER para comprar políticos e sei lá quem mais, o Jeddel mesmo perdendo o ministério nunca deixou de comandar os esquemas fraudulentos do governo TEMER, dias atrás era uma mala com 500 mil reais, agora um apartamento com malas e mais malas de dinheiro que segundo o JN antes de terminar a contagem já tinha sido contabilizado mais de 30 milhões de reais, quem guardarão tanto dinheiro em casa se segundo ele eram valores economizado durante toda a vida? Se fosse dinheiro lícito estaria num banco tendo sido declarado IR. Faz sentido a tranquilidade do TEMER no exterior depois de tão graves denúncias e toda essa dinheirama descoberta.
    Jeddel agora no mínimo vai ter que explicar a origem desse dinheiro e sem dúvida vai relatar muita gente. Aguardem!

    ResponderExcluir

Postar um comentário