Romário diz que não se arrepende de ter votado a favor do Impeachment, recebeu cargos em troca do voto


Romário em entrevista para a revista Istoé:


O senhor apoiou a eleição do prefeito Marcelo Crivella (PRB). Aprova a gestão dele?

Fui enganado pelo Crivella, assim como o povo do Rio também foi. Desde o começo, ele falou que ia cuidar das pessoas, mas nesses quase 10 meses na prefeitura, ele pode estar cuidando de tudo, inclusive dos familiares e amigos dele, menos do povo do Rio. É triste, é lamentável o que vem acontecendo na prefeitura através do prefeito – e eu, infelizmente, participei disso, acreditei nisso também. Ele não está fazendo e nem vai fazer o que prometeu, porque ele não tem capacidade administrativa. Infelizmente, vamos pagar por isso pelos próximos anos.

O senhor também apoiou o presidente Michel Temer. Aprova o governo agora?

Eu acredito que, por tudo que vem acontecendo, será difícil ele se manter no poder até o final do seu mandato. A não ser que prove não ser verdade tudo aquilo que têm sido dito contra ele. O que posso afirmar é que se realmente ele for cúmplice, ou estiver totalmente metido nessas ações negativas e corruptas que estão existindo no País, que ele pague por seus crimes. Mas, precisa ficar realmente comprovado de que há participação dele nas denúncias.


O senhor viveu de aplausos a maior parte da vida, mas no mês passado foi alvo de um ato de escracho, no aeroporto do Rio, e chamado de golpista. Como se sentiu?

Quando eu entrei na política, tinha consciência de que iria viver momentos como esses, porque você tem que fazer escolhas. Não pode ficar em cima do muro. Então, votei a favor do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff porque entendi que a ida do Temer para a presidência poderia melhorar o País. Acho até que tem evoluído e melhorado em algumas áreas, mas, infelizmente, muitos que fazem parte desse governo são corruptos e ladrões e não deveriam estar onde estão. Essa é minha opinião e não me arrependo da decisão de ter votado a favor do impeachment. Para deixar bem claro.

Com informações de Diário do Centro do Mundo.

Comentários

  1. O problema de Romário, é que ele, também, ganhou propina para votar no impeachment de Dilma. Então, jamais se arrependeria de ter participado do golpe.

    ResponderExcluir
  2. Provando que nunca prestou....mau caráter, traíra. Povo do Rio votaram no jogador. ..porq só sabem ver novela e futebol na globo. ..e deu nisso! 😡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. lembro que estava perdendo tudo que ganhou no futebol por irresponsabilidade... entrou na política e hoje ta bem... fez um bom investimento

      Excluir
  3. O baixinho tinhoso e mentiroso ainda não sabe se o Temer é,ou, não culpado das acusações do Joesley, Funaro e Cunha. Tadinho tão inocente como quando beijou o escudo do Flamengo.

    ResponderExcluir
  4. Façam uma rápida leitura da "biografia" de Romário e ficará fácil constatar que o modo de agir dele, é o máximo que se poderia esperar. Enquanto tivermos eleitores idiotas,teremos Romários senadores, e até presidente.

    ResponderExcluir
  5. Sem nenhum preconceito, mas não dá para esperar mais do que isso de Romário. O estranho mesmo é a forma de votar do povo do Rio de Janeiro. Será que o povo sabe o papel de um senador da república? Diante da escolha, creio que não. Analisem a história pregressa de Romário sem a bola de futebol.

    ResponderExcluir
  6. Esse cretino! Golpista asqueroso,vendido! Qto será que recebeu pra dar o golpe?

    ResponderExcluir
  7. Dizem que errar é humano mas insistir no erro é burrice. Por causa dessa burrice ele jamais será eleito para nada. Ainda bem!.

    ResponderExcluir

Postar um comentário