DataFolha mostra: Doria não tem chances de ser eleito e seu plano eleitoral está morto


O projeto presidencial de João Doria Júnior, prefeito de São Paulo, morreu antes mesmo de começar. É o que mostra a pesquisa Datafolha deste domingo, que também aponta o ex-presidente Lula como um nome praticamente imbatível.


A pesquisa praticamente mata a candidatura Doria porque detona seu argumento de que o candidato tucano teria que ser escolhido por meio de pesquisas. Doria abandonou a cidade, viajou pelo Brasil para tentar viabilizar sua candidatura, mas nada disso serviu para torná-lo popular.

Ao contrário. No cenário com Lula, Doria tem apenas 8%, percentual idêntico ao do governador Geraldo Alckmin. Sem Lula, Doria cresce pouco e vai a 10% – novamente, o mesmo índice de seu padrinho.

Se isso não bastasse, nas simulações de segundo turno, seu desempenho é pior do que o do governador paulista. Lula vence Alckmin por 46% a 32% e derrota Doria por 48% a 32%. O deputado Jair Bolsonaro também teria mais facilidade para vencer Doria do que que Alckmin.


Ou seja: Doria terá agora que se dedicar ao que menos gosta, que é cuidar dos buracos de rua, dos semáforos quebrados e da sujeira que se acumula em São Paulo.

Comentários