Dilma encara o STF e pergunta: O que vão fazer com impeachment comprado?

Resultado de imagem para dilma x stf

Do facebook da presidente deposta Dilma Rousseff – Muita gente sabia, muita gente denunciou, mas na época ficou por isso mesmo. Hoje, todo mundo sabe e ninguém tem mais motivo para ignorar: o impeachment da presidenta eleita e reeleita Dilma Rousseff foi resultado de propina e compra de parlamentares.


Lúcio Funaro, o gerente financeiro do esquema de corrupção que derrubou um governo legítimo, confessou, agora, em sua delação premiada, que Eduardo Cunha subornou deputados federais para que eles votassem no impeachment de Dilma.

A presidenta da República foi derrubada por um criminoso, que está preso, e que extorquiu dinheiro de empresários para comprar deputados que votassem num impeachment fraudulento.

Impeachment comprado tem que ser anulado.

O que o STF tem a dizer sobre isto?

A partir de hoje reproduziremos textos e trechos de reportagens que mostram de maneira indesmentível a ilegalidade do impeachment de Dilma Rousseff.


Começamos pela nota emitida pelo advogado da presidenta eleita, José Eduardo Cardozo.

“Desde o início do processo de impeachment, a defesa da presidenta eleita Dilma Rousseff tem sustentado que o processo de impeachment que a afastou da Presidência da República é nulo, em razão de decisões ilegais e imorais tomadas pelo ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha e por todos os parlamentares que queriam evitar “a sangria da classe política brasileira”.

“Agora, na delação premiada do senhor Lúcio Funaro, ficou demonstrado que o ex-deputado Eduardo Cunha comprou votos de parlamentares em favor do impeachment.

“A defesa de Dilma Rousseff irá requerer, nesta terça-feira, 17 de outubro, a juntada dessa prova nos autos do mandado de segurança, ainda não julgado pelo STF, em que se pede a anulação da decisão que cassou o mandato de uma presidenta legitimamente eleita.


“Entendemos que na defesa da Constituição e do Estado Democrático de direito, o Poder Judiciário não poderá deixar de se pronunciar a respeito, determinando a anulação do impeachment de Dilma Rousseff, por notório desvio de poder e pela ausência de qualquer prova de que tenha praticado crimes de responsabilidade.

José Eduardo Cardozo
Advogado da Presidenta Eleita Dilma Rousseff”

Comentários

  1. Jamais o STF vai ficar do lado da Lei e da Constituição. Dilma negou aumento de salário dele e Temer concedeu. STF hoje pertence ao PMDB e ao PSDB.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O STF é um dos pilares de sustentação do golpe! Não é covarde! É ousado!...

      Excluir
    2. Quem usa seu poder para oprimir é covarde. O STF é parte da quadrilha do golpe.

      Excluir
  2. Dr José Eduardo Cardoso, Sua defesa foi digníssima,porém sabemos que não deu em nada, pois o Supremo está "acovardado", só ele sabe..."

    ResponderExcluir
  3. estão comprado o stf por isso agora só indo as urnas de novo e eles sabem que temos cacique para vencer.é 13 de novo.

    ResponderExcluir
  4. O país pertence a quem sempre pertenceu :Aos imperialistas.
    Quase conseguimos nossa independência, mas graças a um bando de corruptos, vendidos faltou o quase.

    ResponderExcluir
  5. O STF TEM A OBRIGAÇÃO DE ANULAR O IMPEACHMENT, COMPRADO POR EDU. CUNHA.
    Diante de mais esses fatos, torna-se imprescindível QUE O STF MAIS CARO DO MUNDO, CUMPRA SUA OBRIGAÇÃO LEGAL, ANULANDO O IMPEACHMENT (de acordo com a Constituição Federal) sob pena de não o fazendo, a OAB, UNE e demais entidades requererem ( também de acordo com a Constituição) o afastamento de todos os seus ministros por terem participado do GOLPE 2016. O MUNDO INTEIRO ESTÁ OBSERVANDO E DENUNCIANDO O GOLPE E, O STF VEM SE APRESENTANDO COMO GOLPISTA.

    ResponderExcluir
  6. Quando o STF irá julgar o processo? Pelo tempo já decorrido nos parece que não há interesse pelo julgamento. Até quando vamos esperar?

    ResponderExcluir
  7. Esse país está mudando e seu povo ficando menos tolerante , acredito que falta pouco para acordarem e tomarem alguma providencia em relação a todos os roubos e falcatruas que foram feitos , e responsabilizar e punir um a um dos que ou participaram ou se omitiram .

    ResponderExcluir
  8. STF fede, covardemente. Precisamos, nós, o povo, reagir e colocar essas corjas golpistas para correr. Estamos aguardando o julgamento do impeachment. Foi golpe de estado sim. Fora Temer, moro, STF , Deputados e senadores golpistas , chega, já deu. Queremos que a justiça seja feita com a volta da presidente legítima Dilma!

    ResponderExcluir
  9. STF, MEDROSO, SEM MORAL E COVARDE. ELES NÃO SÃO SUPREMO EM NADA, SÃO SUBMISSOS AO PMDB E PSDB. DIANTE UM GOLPE COMPRADO, DERRAME DE DINHEIRO PARA COMPRA DE VOTOS, ENTREGA DO BRASIL, DESMANDO DE MORO RASGANDO A CONSTITUIÇÃO, MAS ELES NÃO FAZEM NADA POIS SÃO MEDROSOS E ACOVARDADOS!

    ResponderExcluir
  10. Nada: compras em ambos os lados se anulam... o maior gasto foi o dela para se reeleger: usou e abusou da máquina pública, do tesouro nacional, inflacionou resultados a ponto de ter colocado o Brasil na maior recessão de a sua história. Sem esquecer o balcão de negócios montado em um hotel em Brasilia, com o Lula à frente. Portanto, ações iguais e contrárias se anulam.

    ResponderExcluir
  11. Na verdade, se a polícia Federal, quer fazer averiguação: Coloque o FUNARO E O EDUARDO CUNHA NA MESMA AUDIENCIA, TENHO CERTEZA QUE VERDADES SERÃO DITAS QUE O PÁIS AGUARDA, EXPERIMENTEM? VERIFICA-SE AI, QUE NÃO HÁ INTERESSE, EM QUE AS VERDADES, VENHAM A TONA!!!

    ResponderExcluir
  12. O povo brasileiro tem o governo que merece, não briga por seus direitos tão esse governo safado e golpista tirando o direito e empregos dos nossos filhos, com a reforma trabalhista votadas por um bando de canalha lá no congresso, e a reforma da previdência está aí depois não chore vai ser tarde, é o governo vai colocar os militares para dar portada em vocês cambada de covardes povo brasileiro q não vão às ruas pelos seus direito. Siga o exemplo do povo Norte Americano. Seu Patrão.

    ResponderExcluir

Postar um comentário