Empresários fogem de Doria por não ‘aguentarem’ mais pedidos de doação


A euforia de alguns empresários com o “prefeito gestor” de São Paulo, João Doria, parece ter esfriado. Cinco presidentes de grandes empresas de tecnologia, seguros e construção — que falaram a EXAME sob condição de não ser citados — estão entre os incomodados com constantes pedidos de doações e contribuições “espontâneas” para projetos da prefeitura paulistana.


Eles têm adiado a presença em reuniões com Doria o máximo possível. Em um recente evento com ele em São Paulo, um grupo de empresários disputava a última fileira de cadeiras do salão para ficar longe do radar da equipe do prefeito. Os incomodados argumentam ainda que os pedidos ocorrem sem que tenham tempo de avaliar em que projeto exatamente estão se envolvendo.

Redação Click Política

Comentários