ESTADÃO CONFIRMA! Apoio a posts de Doria nas mídias sociais despenca e prefeito pode dar adeus à Presidência


Do Estadão: Após um começo fulminante, mas que durou apenas três meses, o engajamento dos internautas com os posts do prefeito João Doria (PSDB) nas mídias sociais desabou, em todas as plataformas, a partir de abril. E não foi por falta de esforço: a quantidade diária de publicações manteve-se estável ou cresceu.


Houve queda forte nas interações registradas no Facebook, no Twitter e no Instagram, segundo dados coletados com a ferramenta Crowdtangle, de análise de redes sociais.

No Google, as buscas pela palavra “Doria” cresceram recentemente, mas não de uma maneira positiva para o prefeito. O termo mais pesquisado associado a seu nome foi “ração” – por causa da ideia, que o tucano acabou abandonando, de misturar comida liofilizada e recondicionada à merenda escolar, além de distribuí-la para pessoas pobres.

Os termos associados às buscas por “Doria” no Google que tiveram crescimento mais repentino também não são positivos, como “ração humana” e “trabalho escravo”. A associação com “Luciano Huck” também é problemática, pois se trata da mudança de interesse de partidos que antes cortejavam Doria como presidenciável e agora focam no empresário e apresentador da TV Globo.


Em janeiro deste ano, mês em que tomou posse, Doria chegou a registrar quase 8 milhões de interações no Facebook, a principal rede social no Brasil e no mundo. Em setembro, o número caiu para menos de 1,7 milhão.

Comentários