POVO IRADO: Levanta campanha por referendo para acabar com os super salários do Judiciário e MP


Os brasileiros já decidiram e querem que o próximo presidente da República eleito com o voto popular, faça um referendo para acabar com os salários astronômicos do judiciário, que vem causando uma gastança sem limites em um país, como o Brasil, onde a grande maioria da população não tem direito à saúde, educação, segurança, moradia e trabalho e nem tão menos à uma justiça digna, pois a que temos atualmente, prefere condenar inocentes, retardar processos, fazendo política partidária, vendendo sentença e contrariando assim os interesses coletivos e individuais do cidadão.


Um serventuário do judiciário, disse que ganha um salário de fome e fica indignado com a verdadeira farra do dinheiro público, efetivada por juízes, desembargadores e ministros que vivem mergulhados em mordomias.

Uma professora de Ipaumirim interior do Ceará, se manifestou dizendo: ‘O povo brasileiro não pode baixar a cabeça para esse judiciário podre, que vive esbanjando dinheiro, poder e ditando normas, ferindo as leis, a Constituição Federal e trucando a democracia fruto da luta de muitos que deram as suas próprias vidas com esse objetivo”.

Comentários

  1. Passou da hora também de acabar com a judicialização onde existem mais de 100 milhões de processos em trâmite.um para cada dois habitantes, e a maior são a partir do poder público.
    Isso acabou formando um império perigosíssimo e corrupto.
    O poder público cumprir as leis e resolver os litígios na esfera administrativas e a iniciativa privada cumprir as obrigações legais e criar-se a mediação privada.
    O Brasil precisa recuperar seu passado e estimular a indústria e os operários, a pesquisa, a criação e a invenção e deixar de ser criança e moleque assentando nos poderes pessoas estadistas e estrategistas e não burocratas, tecnocratas, corretores e picaretas.

    ResponderExcluir

Postar um comentário