MICO INTERNACIONAL! Repórter da Globo News ‘mente’ e é desmentido por imprensa européia


O correspondente da GloboNews em Nova York, Guga Chacra, divulgou em seu Twitter que “cerca de 60 mil pessoas participaram de manifestação nazista na Polônia defendendo uma Europa apenas para os brancos”, repercutindo o jornal inglês The Guardian.


A marcha, na verdade, era em comemoração ao Dia da Independência da Polônia (11 de novembro) e teve a presença ostensiva de grupos extremistas, mas não eram sua totalidade.

O presidente polonês condenou essas expressões, dizendo que não há lugar no país para o antissemitismo e o “nacionalismo doente”.

Entidades judaicas pediram às autoridades que condenassem os cartazes com slogans como “sangue puro, mente clara” ou “a Europa será branca ou desabitada”.


A relações públicas do consulado da Polônia no Brasil, Katarzyna Braiter, não gostou e replicou Guga (num português pior que o de Marco Feliciano). “Como o Senhor persiste nas suas informações falsas?”, escreveu.

Segundo ela, sua sua própria família “estava nesta passeata comemorativa e havia lá ex-combatentes da II Guerra Mundial que lutaram contra nazismo”.

CLICK POLÍTICA com diariodocentrodomundo

Comentários

  1. Aqui amigos, devo dar razao para a Globo, a Polonia e a Ucrania sao extremamentes nazistas, os poloneses apoiaram o golpe de estado dos nazistas na Ucrania e financiam abertamente grupos de extrema direita na Ucrania como por exemplo o Batalhao Azov.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Polonia e Ucrania , paises invadidos pelos nazistas durante a segunda guerra onte tem minorias que fora-o vitimas do holocausto tanto ou ate mais que os judeus , além de serem os países com maior população judaica da Europa , e você me vem chamar eles de nazista? "Gigantic face-palm"

      Excluir
    2. Galomortalbr , veja esse documentário sobre massacres polonês pós segunda guerra aos judeus .https://www.youtube.com/watch?v=K55zR5AJrBs a partir de 30,43 min

      Excluir

Postar um comentário