Polícia Federal prende aliado de Bolsonaro na Amapá


Segundo informou o blog do Lauro Jardim, em O Globo, o promotor Moisés Rivaldo, aliado de Jair Bolsonaro no Amapá, foi preso preventivamente na manhã desta quinta-feira (30), pela Polícia Federal, na Operação Minamata. Os alvos dos mandados são investigados pela exploração ilegal de ouro, com uso de mão de obra análoga à escravidão.


Moisés Rivaldo é o pré-candidato de Bolsonaro ao Senado. Já foi promotor de Justiça e hoje é secretário de Educação no estado.

*Com informações do blog do Lauro Jardim de O Globo

Comentários

Postar um comentário