Presidente do PSDB-SP diz que Aécio deveria “colocar o pijama e voltar para casa”

ALESP | ABr

247 – A novela que tomou o PSDB nos últimos dias se intensificou neste domingo 12, com duras críticas do presidente do PSDB de São Paulo, deputado Pedro Tobias, contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG).


Na semana passada, Aécio assumiu à força o posto de presidente nacional da sigla, destituindo o senador Tasso Jereissati (CE), que estava como interino. O novo presidente interino é Alberto Goldman.

Aécio deveria "colocar o pijama e voltar para casa", disparou Tobias, que deve ser reeleito no evento realizado neste domingo na Assembleia Legislativa de São Paulo. "Ele não está ajudando nada", acrescentou o deputado, que reafirmou seu apoio a Geraldo Alckmin em 2018 e disse que só ele pode pacificar o PSDB.

Ao comentar a declaração de Aécio de que o partido vai "sair pela porta da frente" do governo Temer, o tucano paulista declarou a jornalistas que a entrada do PSDB no governo foi errada e sair agora é tarde demais.


"O estrago foi enorme", avalia. Para ele, se a sigla não desembarcar logo "pode comprar o caixão". "Quem [do PSDB] está apoiando o Michel Temer ou muda o rumo, ou procura outro caminho. Hoje, a situação do PSDB é como a do PMDB em 1988. Tem de sair um grupo de São Paulo e dizer: 'Não dá!'. O PSDB está morrendo. Se não tomarmos uma decisão como em 1988, vamos morrer, vamos para o caixão, se sobrar caixão", afirmou.

Comentários

Postar um comentário