Senador do PMDB avisou antes do golpe:”Povo vai chorar lágrimas de sangue, perder direitos e implorar a volta do PT”


A fala do Senador Hélio José (PMDB/DF) serve para lembrar a todos que duvidaram do que foi o golpe, a que muitos não acreditaram naquele momento, mas que agora quanto mais o tempo passa provasse verdadeira.


No diálogo, Hélio afirma que o vice-presidente Michel Temer precisou firmar compromissos com o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e com empresários para conseguir o comando do país. “Se o Temer assumir, o problema é que vai assumir o compromisso que ele teve de assinar com os bandidos do Cunha e com o grande empresariado”, revelou.

O parlamentar disse que ainda não se decidiu se votará contra ou a favor do impeachment no Senado, elogiou o ex-presidente Lula e garantiu que o Brasil irá “chorar lágrimas de sangue” e implorar pela volta do PT ao poder. Na opinião do senador, as pessoas foram às ruas por influência da Rede Globo e não vão demorar para perceber que a crise não será solucionada no governo Temer.


Hélio José também ressaltou o possível retrocesso nas conquistas sociais dos trabalhadores: “Vão ver a desgraceira que vai acontecer nesse país com arrocho, onde servidor público vai ser tratado na pinhola, onde o servidor público vai perder os seus direitos”. Procurada, a assessoria do senador não contestou as informações da gravação, mas disse se tratar de uma conversa informal que foi divulgada sem autorização do congressista.

Comentários