Senador raivoso no golpe de Dilma nem aparece em pesquisa para 2018


Assim como para o governo estadual, Blairo Maggi também pontua em primeiro lugar para o Senado. Pesquisa em âmbito estadual realizada pelo MT-Dados entre 28 de julho e 4 de agosto revela que o nome do senador licenciado e ministro da Agricultura detém hoje 20,28% das intenções de voto. Nessa amostragem estimulada, com listagem de vários possíveis candidatos, o segundo colocado é o ex-prefeito de Cuiabá, empresário Mauro Mendes (PSB), que figura com 8,37%, distanciado 11 pontos percentuais de Maggi.


No pleito do próximo ano vão estar em disputa duas das três cadeiras da representação mato-grossense com o fim dos mandatos de Blairo e de José Medeiros, que no final de 2014 assumiu a vaga do hoje governador Pedro Taques. A terceira vaga segue com Wellington Fagundes até 2022.
O instituto ouviu 3.057 eleitores de 45 municípios. A margem de erro é de 3% para mais ou para menos.

Mesmo fora de suas pretensões eleitorais para 2018, Taques é citado por 7,23% dos entrevistados como preferido à senatória. O tucano ganha do ex-senador Jayme Campos (DEM), que aparece com 4,55%, empatado tecnicamente com o também ex-senador Antero de Barros (sem partido), que aparece com 4,29%.


Quanto à primeira opção para o Senado, 31,40% dos entrevistados preferiram não opinar, enquanto 10,60% foram categóricos em afirmar que votariam em branco ou nulo.

Em relação à segunda opção, já que o eleitor votará em dois para o Senado, Blairo também aparece em primeiro, com 8,11%, mas, nesse caso, em situação de empate com Mendes (7,95%) e com Taques (6,93%). Em seguida, surgem Jayme (4,45%) e o deputado federal peemedebista Carlos Bezerra (3,96%). O percentual de indecisos sobe para 44,65.

RD News

Comentários

  1. Como o povo brasileiro é apto para tirar os bandidos que tomaram os poderes.
    Esse cidadão teve um avião cheio de cocaína saindo de sua fazenda e flagrado.
    O povo brasileiro gosta de cobertura e de quem trepa e exige chupeta e siririca.
    Aqui só passando uma rede e começando de novo.
    Esse país foi colonizado por criaturas geneticamente inferiores vindas da Europa e com o definhamento progressivo mostra que logo, logo precisará de árvores e buracos para refugiar-se e defender-se de predadores. E frutos, mel, insetos como alimento.

    ResponderExcluir

Postar um comentário