Suzana Vieira que bradou contra Lula se ‘cala’ diante de escândalo da Globo e é escrachada


A atriz global Susana Vieira está lançando sua autobiografia e falou ao Estadão sobre política e o cenário brasileiro da atualidade. Susana fala sobre o desemprego e diz que não se sente culpada pelo impeachment da presidente deposta Dilma Rousseff. Sobre os casos de corrupção envolvendo a Globo no escândalo da Fifa, a atriz não disse nada.


Veja abaixo algumas das perguntas:

É uma atriz engajada na política. Como vê o futuro do Brasil?

Não posso aceitar o que estamos vivendo. Vamos ter que continuar gritando, entende, é muito difícil fazer a cabeça das pessoas que estão muito preocupadas com os seus empregos. As pessoas estão desempregadas, como é que você vai querer botar ideologia na cabeça de uma pessoa desempregada, sem escolaridade? O Brasil era um país mais adiantado. Houve um atraso em tudo, uma despreocupação. Só conheço o lado bom do brasileiro, acho que aquele pessoal de Brasília não é o povo brasileiro, aquelas pessoas são alienígenas, eles foram colocados ali por alguma seita satânica. Não é possível que o Brasil possa dizer que a gente seja representado por Brasília, é tudo o oposto do que nós somos, o que eu acho que o Brasil é.

Já votou muito no PT. E hoje, ainda se familiariza com o partido?

Não sou petista. É ótimo que fique claro. A gente quer um país, entendeu? A gente quer um país independente disso. É óbvio que eu votei no PT milhões de anos, tanto que quando eu conheci o Lula, ele falou: “Levei 30 anos para conhecer minha atriz favorita.” E eu respondi: “E eu levei 30 anos votando no senhor, hein, finalmente.”


O fato de ser uma atriz engajada na política já lhe causou problemas com a Globo?

Não. Acontece o seguinte, a primeira vez que foi feito um grupo, não era para “fora Dilma”, não se pensava nisso de impeachment. A gente pensava nas 10 Medidas contra a Corrupção, nós levamos 2 milhões de assinaturas a Brasília. Agora, nós nunca levantamos nenhum cartaz “fora Dilma”, impeachment, então eu não estou nessa praia, não me sinto culpada de nada. Acho babaquice acharem que se somos a favor das 10 medidas contra a corrupção e do Sérgio Moro temos que ser contra o PT e contra o Lula. Isso eu acho uma incoerência. Vivemos em uma pobreza extrema, nenhum ator da Globo pode estar tranquilo hoje. Não é possível que pessoas que vivam do seu trabalho estejam tranquilas hoje. A não ser essas pessoas milionárias e que tem o dinheiro ilícito. Então eu acho que é isso.

Comentários

  1. Ah tá. Com a sua patroa tá tudo bem né? Nem uma palavrinha sobre o escândalo mundial envolvendo sua patroa e com provas> PQP tu é de um cinismo nauseante

    ResponderExcluir
  2. Huuumm! A essa sua declaração, Sra. Susana Vieira, dá-se o nome de: "Em cima do muro", tá?

    ResponderExcluir

Postar um comentário