4 em cada 10 paulistanos consideram gestão de Doria ruim ou péssima





Pesquisa Datafolha divulgada hoje mostra que a rejeição ao prefeito de São Paulo, João Doria, chegou a 39% antes que ele completasse um ano de governo. Em janeiro, no primeiro ano de sua gestão, era de 13%. 

O índice negativo é o mesmo de Fernando Haddad, em 2013, no primeiro ano da gestão do petista. Porém, naquela época, o então prefeito passou pelos protestos de junho, motivados pelo aumento da tarifa. Desta vez, o que explica a rejeição são equívocos do próprio Doria, que, em viagens constantes, parece não gostar de ser prefeito, a crise gerada pela farinata — um tipo de ração que Doria queria distribuir a seres humanos pobres — e as péssimas condições de ruas e praças. Enfim, Doria é rejeitado pela gestão deficiente. O índice de ótimo e bom caiu de 44% no primeiro ano para 28%. Sua administração é considerada regular por 31%

Comentários