Governo vai gastar R$ 600 milhões em ação de Marcela Temer para “melhorar popularidade”


A Coluna do Estadão diz que, num “esforço para consolidar marcas na área social e tentar alavancar a popularidade do presidente Michel Temer, o Planalto vai turbinar o programa Criança Feliz”.


O orçamento da iniciativa, que tem a primeira-dama Marcela Temer como embaixadora, vai dobrar de R$ 300 milhões para R$ 600 milhões, podendo chegar a R$ 900 milhões numa expectativa mais otimista. Em pleno ano eleitoral, Marcela intensificará a agenda pública com viagens para acompanhar a implantação do Criança Feliz, que atende cerca de 180 mil pessoas.

Em janeiro, Marcela participa de solenidade em que será formalizada parceria do governo com o Itaú Social, para a distribuição de 10 milhões de livros. 

A ideia não é nova e mostra o quanto o governo Temer é competente apenas em roubar. No fim do ano passado, a Veja dedicou a última capa a Marcela, com a manchete estúpida: “A aposta do governo’.


O subtítulo vinha com a mesma ladainha: “Com uma agenda de aparições públicas, a jovem e bela primeira-dama vira a grande cartada do Palácio do Planalto para tirar a popularidade do atoleiro”.

Agora vai.

Comentários