Odebrecht e Andrade Gutierrez mostram recibos de propina milionária a Aécio



Odebrecht confirma que Aécio recebeu R$ 50 milhões por meio de offshore. Executivo diz que conta está vinculada ao empresário Alexandre Accioly.


A Procuradoria-Geral da República (PGR) e a Polícia Federal (PF) encontraram novos indícios que, de acordo com os investigadores, reforçam a suspeita de que o senador Aécio Neves recebeu propina para atuar em nome de empreiteiras na construção da Usina de Santo Antônio, no Rio Madeira, em Rondônia.

Tema de inquérito em curso no Supremo Tribunal Federal (STF), a acusação contra o tucano foi relatada por ex-executivos da Odebrecht em acordos de colaboração premiada. E teve impacto direto na delação de outra empreiteira, a Andrade Gutierrez, que foi obrigada a esclarecer sua participação no episódio. De acordo com os executivos da Odebrecht, Aécio recebeu R$ 50 milhões, repassados pela Odebrecht (R$ 30 milhões) e pela Andrade Gutierrez (R$ 20 milhões).

A Odebrecht sustenta a acusação com comprovantes bancários, entregues nos últimos meses, que, segundo a empresa, comprovam depósitos para o senador tucano, por meio de uma conta de offshore em Cingapura, que havia sido citada por um de seus ex-executivos, Henrique Valladares, em depoimento à PGR. A identificação do titular da conta além disso não foi revelada, mas Valladares diz que está vinculada ao empresário Alexandre Accioly, padrinho de um dos filhos de Aécio e integrante do grupo mais restrito de amigos do tucano. Aécio nega as acusações. Accioly enjeita com veemência a afirmação do delator, o único que sustentava, até aqui, seu envolvimento.


ANDRADE GUTIERREZ REFORÇA SUSPEITA

Nos últimos meses, no entanto, ex-integrantes da Andrade Gutierrez levaram à Lava-Jato informações que miram novamente em Accioly: em depoimento à PF, o ex-executivo e delator da empreiteira, Flávio Barra, confirmou o repasse de R$ 20 milhões a Aécio por meio de um contrato com a Aalu Participações e Investimentos, empresa controladora da rede de academias Bodytech que pertence ao empresário carioca, a uma sobrinha dele e a um ex-banqueiro.

Segundo o relato de Barra, a empresa, que leva as iniciais dos dois sócios, firmou um contrato de R$ 35 milhões com a Andrade para mascarar propina paga pela empreiteira ao tucano, em 2010. O valor seria uma contrapartida pela defesa, por parte de Aécio, então governador de Minas, da participação da Andrade no consórcio de construção da Usina. O delator não soube dizer por que a empresa transferiu R$ 15 milhões além do valor previamente acertado.
Comprovante, segundo a Odebrecht Extrato de transferência de dinheiro para empresa em paraíso fiscal Klienfield services: offshore da Odebrecht usada para pagar propina no exterior 67,350 USD: uma das parcelas pagas pela empresa Embersy: offshore que a Odebrecht afirma ter sido usada para operacionalizar um pagamento a Aécio Neves. Está sediada nas Ilhas Marshall UBS AG: banco de origem suíça que presta serviços financeiros em dezenas de países Singapure: filial do UBS, citada pelo ex-executivo da Odebrecht, Henrique Valladares.


Ao Globo, Accioly confirmou o repasse, mas negou se tratar de propina, e sim investimento da Andrade Gutierrez na rede de academias. Segundo ele, a Andrade nunca recebeu dividendos e “permanece como acionista” da holding controladora da Bodytech, por meio de uma Sociedade em Conta de Participação (SCP) com a empresa Safira Participações, que pertence ao grupo mineiro.


A Andrade, por sua vez, negou a alegação de Accioly. Em nota, informou que “não é e nunca foi sócia na rede de academias” e que sua relação com o empresário se restringiu à aquisição, em 2010, de uma “opção de compra futura de ações” que jamais teria sido exercida e, por isso, perdeu a validade.

As duas empresas foram informadas sobre a apresentação de versões contraditórias entre si, mas mantiveram o posicionamento original. A relação entre Andrade e a holding que controla a Bodyech não é explicitada nas demonstrações contábeis das empresas, o que contraria recomendações do Conselho Federal de Contabilidade (CFC).

Continue lendo no O Globo

Comentários

  1. Na Quarta Feira de Cinzas, dr sérgio moro pega ele!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Dr. Sergio Moro é um cúmplice safado

      Excluir
    2. Unknown, você é um idiota retardado. O Aecim do Pó tem foro privilegiado, babaca. Também conhecido como impunidade parlamentar. Só pode ser julgado pela patotinha do stf, onde está o amigo fiel Gimar Mendes

      Excluir
    3. truejustice ta putinho rspondendo todo mundo hahahahaahah chupabola de moro LAMBE BOTAS DOS EUA

      Excluir
  2. A onde esta o paladino da justiça Moro???

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NODGI RETADADA, O PALADINO DA JUSTIÇA MORO ESTÁ EM CURITIBA ESPERANDO O AECIM PERDER A IMPUNIDADE PARLAMENTAR PRA COLOCAR ESSE PLAYBOY CORRUPTO NA CADEIA.

      Excluir
    2. e vc acredita nisso... ta rararararararararararara

      Excluir
  3. Com provas e tudo solto, só o Lula e o PT condenados e perseguidos. Em décadas antes PMDB e PSDB governos corruptos, provas e tudo, mas arquivados e soltos. Já havia corrupção na Petrobrás, acho que o PT iria fazer o que sem denúncias...será q seguiu o esquema, as empreiteiras tbm continuaram nos crimes, quanta gente suja! é esse o nosso Brasil!!.... e o Temer como paladino da decência, hipócrita, desmontando o país, agastando bilhões em compra de cargos e votos, anulando a cidadania dos brasileiros com essas reformas, com o Impeachment da legítima Presidente, até 2018. Volte Democracia, onde andas...

    ResponderExcluir
  4. KKKKKK....com esses juizecos todos do PSDB não da nada para esse e tampouco para os demais bandidos do PSDB.

    ResponderExcluir
  5. "NOVO ESCÂNDALO DE TRILHÕES DE REAIS CHEGAM ATÉ LULA, PT E Toda A Companhia
    Da Redação
    03/02/2018

    Empreiteiras, BANCOS, Grupos Empresariais, FUNDAÇÕES, AUTARQUIAS e Centenas de Estatais, e por aí vão ! Veja o escândalo entre ITAU e o Ex Presidente da Petrobras o Gabrielli (Corruptelli), depois de enterrar a PETROS em Bilhões investidos no apagar das Luzes daquele ano, saiu da Presidência da Petrobras e passou a Membro do conselho do ITAU com salário de Milhões no ano ! CPMI fez vista grossa às denuncias !
    ASSISTA AO COMENTÁRIO DE CLAUDIO DANTAS DE O ANTAGONISTA" (FONTE: https://www.noticiasbrasilonline.com.br/novo-escandalo-de-trilhoes-de-reais-chegam-ate-lula-pt-e-toda-companhia/?fb_action_ids=1658991260828475&fb_action_types=og.comments).

    ResponderExcluir
  6. O Lava-Jato era para ter começado com o PSDB, mas o quinzão não teve coragem, pelo menos teve coragem de começar.

    ResponderExcluir
  7. LULA. AERCIO, ZEZE PERRELA E TODOS OS OUTROS TRALHAS JOGUEM ESTAS PORCARIAS TUDO NA JAULA

    ResponderExcluir
  8. Esse juiz tem que ser preso junto com Aécinho do pó. Cadeia pra essa organização criminosa PSDB, PSDB e DEM.

    ResponderExcluir
  9. Petistas, sinônimo de conivência com os crimes do Lula (que não tem foro privilegiado). Chorem noutra freguesia. Esperem só o Aécio perder o foro privilegiado para verem o que o Moro fará com ele, cambada de todos defenestrados.

    ResponderExcluir

Postar um comentário