Presidente do Patriota diz que ‘só se fosse um débil mental’ atenderia os pedidos feitos por Bolsonaro

Resultado de imagem para Bolsonaro

Em conversas reservadas com dirigentes do Patriota, Adilson Barroso, presidente da legenda, afirmou que Jair Bolsonaro pediu o controle do fundo partidário, informa o jornal Gazeta do Povo.


A interlocutores, Barroso disse que “só se fosse débil mental” atenderia todos os pedidos de Bolsonaro, de acordo com a reportagem.

As portas do Patriota ainda estão abertas para o deputado, se ele quiser disputar a Presidência pela legenda, mas sem ingerência no partido.
Publicidade

CLICK POLÍTICA com Antagonista

Comentários

Postar um comentário