TJ confirma sentença e Gentili deve ter que pagar R$50 mil a Maria do Rosário por danos morais




A 10ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul (TJ-RS) confirmou nesta quinta-feira (14), por unanimidade, a decisão do relator, desembargador Túlio Martins, de retirar de todas as redes sociais o vídeo em que o apresentador de TV Danilo Gentili aparece proferindo ofensas contra a deputada federal Maria do Rosário (PT-RS).


A deputada entrou com uma ação contra Gentili depois do vídeo que ele divulgou, em maio deste ano, em que aparece rasgando a notificação extrajudicial enviada pela parlamentar referente a outras ofensas. Em uma atitude típica de machistas, ele ainda esfrega o documento em suas partes íntimas, e dispara: “Para a Maria do Rosário e para qualquer outro deputado de qualquer outro partido, eu pago o seu salário. Então eu decido se você cala ou não a boca, nunca o contrário”.

“Agressão absolutamente grosseira marcada por prepotência e comportamento chulo e inconsequente”, assim definiu o TJ na decisão em que determina a retirada do vídeo.

Com a confirmação do ato ilícito pelo TJ-RS, expectativa agora é de que o juiz de primeira instância responsável pelo caso condene Gentili por danos morais no valor de R$ 50 mil. Essa sentença aguardava decisão dos desembargadores.

Revista Fórum com Zero Hora

Comentários