Globo dá ordem a Moro para nova sentença contra Lula em março


A Globo pressiona o juiz Sérgio Moro para que sentencie novamente, até março, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A estratégia é pregar mais um prego no “caixão” do petista e, consequentemente, sepultar de vez a candidatura dele a presidente da República.


A tática da Globo é a mesma que foi utilizada — com sucesso — em relação ao julgamento do ex-presidente pelo TRF4, qual seja, pressionar o tribunal de segunda instância para que julgasse o petista ainda no primeiro semestre de 2018. Os desembargadores que condenaram Lula na “Quarta-Feira de Cinzas” passaram o caso do tríplex do Guarujá na frente de outros 257 para cumprir o script.

Lula foi condenado na última quarta-feira (24) a 12 anos e um mês de prisão, embora o apartamento atribuído a ele seja de propriedade da empreiteira OAS.

Na nova sentença ordenada pela Globo, o ex-presidente Lula é acusado de receber vantagens ilícitas da Odebrecht. A ação penal diz respeito à compra de um terreno pela empreiteira, pelo valor de R$ 12 milhões, para a instalação do Instituto Lula. O negócio nunca foi concretizado.


Moro sustentará sua decisão somente na delação (sem provas) do ex-ministro Antonio Palocci, preso há mais de um ano pela lava jato. Em junho passado, o delator condenado a 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão em regime fechado pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

 Fonte: Esmael Morais

Comentários