STJ que negou em tempo recorde HC de Lula, salvou tucanos em ação de cartel de trens


Via Tijolaço - Apenas poucas horas após a apresentação do pedido de habeas corpus preventivo apresentado pela defesa de Lula, o ministro Humberto Martins, vice-presidente no exercício da presidência do Superior Tribunal de Justiça negou o pedido, como era de se esperar.


A prisão de Lula vai depender de um questão bem pouco jurídica.

O resultado da pesquisa Datafolha, a primeira feita após a confirmação da sentença de Sérgio Moro no TRF-4, ainda a depender do despacho que dará Gilmar Mendes, presidente do TSE, sobre o pedido de impugnação feito por Jair Bolsonaro.

Não posso – a não ser na cúpula da Folha, ninguém pode – dizer exatamente o que se passou nas entrevistas e o que se passará com os números que forem divulgados.

Mas é possível imaginar que, se Lula mantiver ou ampliar a liderança folgada que ostentava até dezembro, crescerão as pressões para que se execute de imediato a ordem de prisão contra ele.


O jogo foi pesado demais para que alguém creia que o maior crime cometido pelo ex-presidente seja o seu favoritismo eleitoral.

Se, ao contrário, houver uma queda significativa em seus índices, pode ser que arrefeçam parte das pressões, justamente por esperarem que ele se esvazie mais antes de partirem para uma medida traumática que possa levar a mais polarização.

Há bem pouco de jurídico no calvário judicial de Lula.

Outras fontes: G1

Comentários

  1. Celso Rodrigues O ódio a Lula ao PT parece brotar em morões de cerca como se a globo que pulveriza essas sementes de ódio e dia dia põe seu time de fama fantásticos a persuasão a induzir, ditar essa moda e por admiração famatismo endeusamento saem a repetir o discurso de ódio a Lula e Dilma Rousseff, globo que em troca teve a divida com receita federal perdoada pelo governo de traidores da pátria e sabotadores caraguejo e misschell. "com stf e com tudo" Sem mais os diretos trabalhista e com um os juízes 77% deles acima do teto constitucional, muitos receberão R$600.000 e a punição para um erro é ser afastado do cargo mas continua ganhando o mesmo salário integral o que é um premio e não um corretivo. Em um país que maioria ganha R$1.600. o os ganhos dos togados é imoral. Se condenar Lula como Dilma Rousseff foi sem provas mas por convicção politica os tribunais abrirão um sotão cavarão e sepultarão os diretos e garantas fundamentais e portanto a palavra justiça passa a ser justiçamento estão convertidos a comitês dos políticos, estamos em uma terra sem leis, haveremos de sofrer e lamentar quando for nós as vitimas nesta de guerra classes social, o mundo hoje No texto, o economista americano Mark Weisbrot diz que o julgamento de Lula, nesta quarta-feira, 'empurra a democracia brasileira para o abismo'. O artigo foi publicado na editoria de opinião do jornal 'The New York Times'.

    ResponderExcluir

Postar um comentário