Temer fala para auditório vazio na Suíça. Três anos atrás, Dilma fez o discurso com plateia cheia


247 - Para uma plateia esvaziada, a ponto de a organização do evento ter colocado biombos escondendo parte das fileiras vazias, Michel Temer discursou nesta quarta-feira (24) no encontro anual do Fórum Econômico Mundial em Davos e expôs sua agenda de reformas sob o mote "O Brasil está de volta".


Na primeira participação de um presidente no fórum desde 2014, quando Dilma Rousseff veio, Temer falou da melhora do investimento direto (pela projeção da Fazenda, foram US$ 75 bilhões no ano passado e devem ser US$ 80 bilhões neste ano), da queda do risco-país para abaixo de 300 pontos, do superávit comercial e da contenção da inflação.

Na plateia, em boa parte composta por brasileiros e de chineses que aguardavam o evento seguinte, sobre seu país, estava também o rei Felipe, da Espanha, que discursou na tarde do mesmo dia. Na véspera, o pronunciamento do primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, lotou e teve fila de espera.

Comentários

Postar um comentário