Veja decreta o fim do “mito” Bolsonaro


A coluna Radar, da Veja, afirma que Jair Bolsonaro virou purpurina, ou seja, a candidatura do deputado do PSL “morreu” após denúncias na Folha de S. Paulo.


“O mito que ele criou para si de ser o único político honesto pode começar a ruir”, anota a Veja, atribuindo a fala a um “importante marqueteiro”.

A mídia trabalha contra a candidatura de Bolsonaro não pelo que ele representa, qual seja, o atraso, o fascismo, o ódio, mas pelo que ele ameaça: a candidatura do PSDB ou até mesmo do candidato da Globo Luciano Huck.

Portanto, para a mídia, Bolsonaro já é carta fora do baralho, virou purpurina, segundo a Veja.

“Uma fatia grande do eleitorado o segue justamente por, supostamente, não ter os mesmos problemas da classe. Ao se beneficiar do cargo para obter vantagens pessoais, ele perde totalmente esse caráter”, dizem marqueteiros a VEJA.

Comentários

  1. Difícil enfiar isso na cabeça de analfabetos funcionais.


    ResponderExcluir
  2. O que está morto é esses blog sujo e esse folheto chamado veja esquerdoides sem vergonha. Mais um governo de direita será o fim de todo esse lixo de blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. engraçado como as opiniões mudam de acordo o politico atingido

      Excluir
    2. O PT não pode....ninguém pode....mas o mico, pode!!....esses caras chegam a ser ridículos. É igual ao Bolsonaro mesmo...diz, depois desdiz, para contradizer o que foi desdito mais tarde.

      Excluir
  3. Analfabeto funcional detectado rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  4. Não sou contra a religião, mas gostaria que fosse aprovada uma lei, para nesses tipos de políticos religiosos, não se envolverem com politica, pois eles se aproveitam de seus fiéis das igrejas. E não pagam impostos só recebem.

    ResponderExcluir
  5. Não sou contra a religião, mas gostaria que fosse aprovada uma lei, para nesses tipos de políticos religiosos, não se envolverem com politica, pois eles se aproveitam de seus fiéis das igrejas. E não pagam impostos só recebem.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cara deve decidir em qual dos caminhos vai exercer meu malcaratismo, ou nas tais igrejas, angariando fortunas nas costas dos idiotas ou se proveitando dos pobres de direita na política. Nos dois "carrinhos" não dá.

      Excluir
  6. Serio mesmo? O bolsonario não é honesto? Que droga, afinal para o pobre neoliberal e a fovor do estado minímo e na precarização dos serviços serviços essênciais a população tinha nele a esperança de tornar tudo isso pior. E agora qual candidato de direita conservadora eu vou votar? Afinal a política publica e feita para os magnatas e não o povão. Agente só escolher que vai fud3r agente por 4 anos.



    ResponderExcluir
    Respostas
    1. WALLACE AMEI O QUE VOCÊ ESCREVEU. VOCÊ DISSE TUDO, FEZ UM RESUMO DE TUDO QUE VEM ACONTECENDO. INFELIZMENTE O POBRE QUE PENSA QUE É RICO, SÓ VOTA EM CANDIDATO QUE VAI ACABAR COM ELE PRÓPRIO. E O PIOR QUE O CHAMAM DE MITO, COMO SÃO BURROS NÃO SABEM O QUE SIGNIFICA MITO, SE SOUBESSE, NEM O BOLSONARIO SE CONSIDERARIA UM MITO.

      Excluir

Postar um comentário