PIZZA: PF pede mais 60 dias para investigar Temer e STJ manda soltar irmão de Joesley


A Polícia Federal pediu ao Supremo Tribunal Federal nesta terça-feira 20 prorrogação de mais 60 dias na investigação contra Michel Temer no esquema dos portos.


O pedido foi feito pelo delegado Cleyber Lopes ao ministro Luís Roberto Barroso, do STF. A investigação apura se o presidente Michel Temer beneficiou a empresa Rodrimar, que atua no Porto de Santos, na edição do decreto dos Portos, assinado em maio de 2017. Barroso é o relator do caso e decidirá sobre a prorrogação.

Sexta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) substituiu nesta terça-feira (19) a prisão preventiva dos irmãos Joesley e Wesley Batista, donos do grupo J&F, por medidas cautelares. Na prática, Wesley deixará a prisão, mas Joesley seguirá preso por ter um segundo mandado de prisão contra ele.

Fonte: Brasil247

Comentários