POVO NÃO ADMITE GASTANÇA: 99,5% votam pelo fim do auxílio-moradia para juízes


Nenhum juiz esperava por essa esmagadora desaprovação de seus privilégios, mesmo com a arrogância de julgarem serem bem avaliados pela sociedade. 


O resultado dessa consulta pública é a comprovação de que a Lava Jato, ao abrir a caixa preta do Judiciário, acabou por provocar a autofagia desse poder. Para piorar, a atuação no julgamento do ex-presidente Lula, expôs, mesmo aos que desejam por ódio a prisão do ex-presidente, uma justiça completamente incapaz de produzir provas e promover a legalidade. 

Até esses, incrustados no ódio, podem até comemorar, mas sabem que podem ser vítimas desse mesmo judiciário caricato e burlesco.

É por isso, que a consulta pública do Senado chegou a absurdos 99,5% de aprovação ao fim do auxílio-moradia aos juízes ao judiciário. Não basta que as entidades de classe da toga e do Ministério Público emitam notas surreais em defesa de seus privilégios, não é o congresso que está contra, mas a unanimidade da população. 


Ou os juizecos ficam atentos ao que se tornaram, ou vão penar na descrença popular. Lembrando, que o judiciário só existe por que acreditamos que ele exista. Sem essa crença filosófica, morrem as leis, morrem os países, morrem as intenções.

Portal Click Política com A Postagem e Agência Senado.

Comentários