REFLEXO DO GOLPE. Brasil voltou ao mapa da fome dos anos 2000


Em uma investigação exclusiva sobre a fome no país, os repórteres Daniel Motta, Wesslley Sales, Tiago Américo, Leopoldo Moraes, Mayolly Sena e a editora Fabiana Lopes ouviram especialistas e instituições renomadas, tiveram acesso às pesquisas mais recentes e revelaram o rosto e as histórias de quem sobrevive com menos de R$ 150 por mês. A equipe foi até as cidades mais castigadas pela fome e o desemprego no país para contar a história de famílias que lutam para sobreviver. 


Adultos e crianças lidam diariamente com a busca pela comida nos mais inóspitos locais do país. De acordo com o IBGE, a crise econômica fez dobrar o número de pessoas em condição de miséria extrema. O perfil da fome, segundo a fundação Getúlio Vargas, é certo: negros, nordestinos, pessoas da zona rural ou das periferias das grandes cidades, com baixo nível escolar, e afeta principalmente as mulheres. 

Confira aqui a matéria do R7.

Comentários