Dino: juíza que atacou Marielle depois de morta deve ser afastada


Maranhão 247 – Flávio Dino, governador do Maranhão e juiz de direito, defendeu o afastamento da desembargadora Marília Castro Neves, do Rio de Janeiro, que difamou a ativista de direitos humanos Marielle Franco, brutalmente executada na última quarta-feira; 


"Sobre essa desembargadora do Rio, órgãos de controle têm o DEVER LEGAL de esclarecer se ela pratica crimes ou se é inimputável. Em ambos os casos, não pode continuar a julgar outras pessoas", afirmou.

Dino foi aprovado em primeiro lugar no mesmo concurso prestado por Sergio Moro e reagiu à informação de que Marília Castro Neves postou textos ofensivos e notícias falsas sobre Marielle. Leia, abaixo, seu tweet:

Comentários