URGENTE! STF suspende julgamento de HC e Lula não poderá ser preso


Pragmatismo - Por 7 votos a 3, Supremo Tribunal Federal decidiu nesta quinta-feira (22) julgar o habeas corpus preventivo da defesa de Luiz Inácio Lula da Silva com o objetivo de evitar a prisão do ex-presidente.


O Supremo iniciou o julgamento do habeas corpus pela decisão de uma “questão preliminar”: se o pedido de Lula era “cabível” de ser julgado pelo Supremo.

Relator do pedido, o ministro Edson Fachin entendeu que o habeas corpus apresentado pela defesa perdeu o objeto. Para Fachin, a defesa deveria ter apresentado ao STF um recurso contra essa decisão ou então outro habeas corpus.


Sete ministros discordaram. Veja como votaram:

CONTRA O JULGAMENTO DO HABEAS CORPUS

Edson Fachin
Luiz Fux
Luís Roberto Barroso

A FAVOR DO JULGAMENTO DO HABEAS CORPUS

Alexandre de Moraes
Gilmar Mendes
Dias Toffoli
Rosa Weber
Ricardo Lewandowksi
Marco Aurélio Mello
Celso de Melo

Comentários

  1. Se o julgamento foi suspenso, Moro pode expedir ordem de prisão valendo-se do entendimento vigorante antes do julgamento. Trata-se de um jogo de cartas marcadas, onde Lula é o único perdedor (ele e seus milhões de eleitores).

    ResponderExcluir

Postar um comentário