Titular do cartorário preso hoje pela PF por receber propina era militante anti-PT


A Polícia Federal prendeu hoje Antônio Carlos Bramont, titular do 1º Ofício de Registro de Imóveis e Hipotecas da cidade de Vitória da Conquista, no sudoeste baiano. Ele foi preso na operação Factum, após aparecer em um vídeo recebendo uma “taxa de agilização” para a realização de serviços, de possíveis despachantes e de corretores de imóveis.


Nas imagens divulgadas pela PF, o homem aparece recebendo propina de três pessoas diferentes. Ele é alvo de um mandado de prisão preventiva e foi preso em casa, na cidade de Vitória da Conquista.

Bramont também é conhecido por sua intensa militância anti-Lula e anti-PT. Na sua página no facebook, além de defender a liberação do porte de armas e a intervenção militar, ele registrou convocações para manifestações de rua que tiraram Dilma no poder e agora miram em Lula.

Nesse campo da direita brasileira, não se salva um.

No facebook, a luta do corrupto contra um pais sem corrupção

Comentários